O pessoal da Cervejaria Cathedral de Maringá conta como foi receber o título de Cervejaria do Ano, prêmio máximo do Concurso Brasileiro de Cervejas

    Foi feito uma análise com a equipe que participou do processo da conquista do mais alto reconhecimento em nível nacional no que diz respeito ao ramo cervejeiro, na 6ª edição do Festival Brasileiro da Cerveja. Foram 15 medalhas: 7 medalhas de ouro, 4 de prata e 4 de bronze, resultando no 1º lugar do Concurso de Blumenau. Mas toda a glória tem os seus primeiros passos. Veja o depoimento de quem fez parte dessa conquista:

 

         A equipe responsável pela produção na Cervejaria Cathedral fala sobre a gratificação ao ver que todo o trabalho valeu a pena, mesmo sendo desempenhado muitas vezes de forma manual, por se tratar de uma cervejaria de pequeno porte comparada a outras do ramo. Reuniões de análise ocorrem semanalmente para averiguar a qualidade dos estilos feitos, discussões sobre novas receitas e também ajustes em receitas antigas fazem parte do cotidiano dos encarregados de planejar, controlar e produzir as premiadas cervejas da Cathedral.

      O esforço da Cathedral é fazer com que o máximo de pessoas conheçam a marca, sabendo que é uma cervejaria local, aqui da região de Maringá. Enraizar e evidenciar isso fica por conta do setor de comunicação e marketing da cervejaria. A responsável pelo setor, Cláudia Alenkire, diz que no momento o foco não seria a venda externa. Um stand no festival de Blumenau, por exemplo, traria muitos clientes em potencial, mas que para o momento e capacidade de produção da Cathedral não seriam viáveis. Com uma possível ampliação da fábrica, essa venda externa voltará a ser cogitada e um stand no festival seria totalmente vantajoso.

    O Sócio-Proprietário, André Vellosa, segue essa linha de pensamento, mas não descarta a importância em investir no festival. Todo o feedback é bem vindo em um ramo em que há a constante alteração e que cada mudança pode agregar uma diferença no produto final, nesse caso, a cerveja. E cada detalhe dito pelos juízes serve de experiência, ou para ser mantido ou para ser estudado e alterado. Há diversos pontos positivos em investir na apresentação de estilos no festival, trazer esse prêmio para Maringá é o selo que a Cathedral precisava para mostrar ao maringaense que aqui eles bebem cervejas que foram devidamente avaliadas e consideradas as melhores do Brasil, e o melhor, bebem direto da fonte.

        E para que a Cervejaria Cathedral atingisse o seu ápice até o momento com a conquista do prêmio de cervejaria do ano, muita coisa aconteceu. Um misto de erros e acertos, mas com muito aprendizado, como conta Daniel Chaves:

”Não existe verdade absoluta, a capacidade de adaptação é o que norteia o mercado cervejeiro atual” – CHAVES, Daniel – Cervejeiro e Coordenador da Produção.

    Em toda a trajetória da cervejaria foi levado em conta a necessidade em se criar uma comunicação direta com o cliente local. Era tido como essencial que o cliente final fizesse parte de uma experiência completa, passando pela elaboração da receita, produção da cerveja chegando até a degustação, o Sócio-Proprietário Guilherme Palu relembra que que não foi uma decisão fácil abrir mão do sonho de uma grande indústria para mergulharem no ramo de serviço e gastronomia. Confira um pequeno infográfico que conta resumidamente o histórico da Cervejaria Cathedral:

Linha do tempo da Cervejaria Cathedral/ Arte: Lucas Jorge

    A gastronomia veio somar fortemente aos ideais propostos pelos fundadores da cervejaria. O também Sócio-Proprietário Marcelo Baptistella se especializou no ramo gastronômico voltado à gestão de bares e restaurantes para que a solução de problemas fosse mais efetiva. É desafiador resolver os impasses em que vive uma cozinha, mas os obstáculos são superados com louvor quando analisados de forma construtiva.

     E toda a equipe Cathedral estão esperando sua visita, venha conhecer de perto a Melhor Cervejaria de 2018, um BrewPub de respeito, com raízes 100% regionais e valores pautados na qualidade e em proporcionar uma experiência inesquecível ao cliente.

Cervejaria Cathedral Fábrica Bar 
Av. Dr. Alexandre Rasgulaeff, 5733
Terça – Quinta: 17h – 01h;
Sexta: 17h – 01h30;
Sábado: 12h – 01h30;
Domingo: 18h – 23h. 

Cathedral Sports Bar
Av. Xv de Novembro, 170
Terça – Sábado: das 11h à 01h;
Domingo: das 11h às 23h.

 

''Todo o pão carrega a triste história de um trigo que sonhou em ser uma cerveja''

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *