É a vez dela! Seja bem-vinda, Yellowspício

Categorias Cervejas, Curiosidades, DESTAQUES

A linha de latas da Cathedral aumenta em grande estilo, com uma das mais queridas do público

             Após o lançamento da Cathedral IPA e da Serena Session a cervejaria maringaense lançou na última sexta feira (13/09) a sua Session Rye IPA, a Yellowspício. Vamos falar um pouco sobre o estilo e também sobre a importância da lata no mercado cervejeiro nacional. Acompanhe a matéria, abra uma IPA, encha seu copo e descubra o mundo enlatado das cervejas!

 

             A Yellowspício é uma Session Rye IPA, com 5,3% de ABV e 30 IBU. Ela possui aromas cítricos e de frutas tropicais, bem característicos de uma IPA americana, porém com amargor e álcool em menor evidência, por se tratar de uma Session. O centeio ajuda para um corpo bem aveludado, suave, com um alto drinkability. E ela não faz bonito só no paladar, ela faz bonito nos concursos também; por dois anos consecutivos, foi eleita a melhor cerveja de centeio no Concurso Brasileiro de Cervejas, em 2018 e em 2019.

             A Cervejaria Cathedral decidiu retornar para o cenário de vendas em nível nacional com uma linha muito apreciada pelo público de seus bares em Maringá e com um gigante e incontável número de apreciadores no mundo todo, as aclamadas India Pale Ales (IPAs). Após a clássica Cathedral IPA e a medalhista de ouro Serena Session, a marca traz sua Session Rye IPA para ampliar o raio de apreciadores desse estilo. Como nos conta Daniel Chaves, Cervejeiro e Coordenador da Produção da Cervejaria Cathedral:

Daniel Chaves, Proprietário e gestor da fábrica

‘’Com o sucesso e popularização deste estilo de cerveja (IPA), encontramos espaço, assim como outras cervejarias, para explorar outras vertentes do mesmo produto. Nosso portfólio conta hoje com diversas variações e sub-estilos de IPAs, dentre eles produtos fixos, sazonais, cervejas colaborativas e experimentos. Dentre todas as receitas, nossas queridinhas, além da Cathedral IPA, são a Serena Session (session ipa), Yellowspício (session rye ipa) e Armagedom (double ipa), sendo estas as cervejas escolhidas para o retorno da marca no cenário nacional, tanto por terem boa aceitação como por se tratarem de receitas consolidadas.’’ – Daniel Chaves.

             Agora comercializada em todo país, a grande novidade é que, além dos amantes desse “líquido sagrado” poderem encontrá-la em chope em diversos bares espalhados por todos os cantos do país, também podem levar para beber onde quiser esta cerveja em lata. Mas porquê da cerveja em lata?’’. Os motivos são diversos, as latas são um ótimo presente, por exemplo, são fáceis para levar em um churrasco, são práticas, normalmente atendem a porção individual facilitando a divisão de latas por pessoas que irão tomá-las. Indo um pouco mais além, elas protegem 100% a cerveja da ação dos raios UV, protege também à oxidação e são recicláveis (O Brasil é o maior reciclador mundial de latas de alumínio. O índice brasileiro é de 97,3%). Poderíamos fazer um link entre cerveja em lata X cerveja em garrafa elencando as vantagens e desvantagens, mas essa ideia fica para um próximo post.

         

             Além de deliciosas, as latas trazem um design que atrai colecionadores. A estilização das latas estão muito atreladas com o fato delas servirem como peças de coleção, presentes, exposição. Todo um estudo é feito antes das artes nas latas serem aprovadas. Identidade com a marca, sentidos, tons, elegância, requinte, cores e formas são cuidadosamente pensadas e analisadas para que a estampa da lata seja por si só um atrativo a mais para o público adquirir o produto. O artista gráfico Ciro Bicudo é o responsável pelo desenho dos lindos vitrais que compõe a identidade visual Cervejaria Cathedral, imagem que já faz parte de toda a história da marca e que fizemos questão de manter quando decidimos realizar um rebrand junto aos parceiros da Brandigno. Conversamos com o Diretor de Criação da agência, Alexandre Nami, que participou do processo base para a estilização da nova identidade visual da Cervejaria Cathedral e ele nos conta sobre o processo de criação e os porquês dos elementos presentes estarem em harmonia com o conceito da marca.:

Alexandre Nami, Diretor de Criação.

‘’A gente procurou uma adaptação que tivesse uma abordagem um pouco mais informal e um pouco mais colorida, uma vez que o interior do produto não é mostrado.Todos os elementos inicialmente foram pensados a reforçar a característica principal da marca da Cathedral o seu conceito e o seu nome com algo divino ou algo tão bom que é quase religioso. Então a gente trabalhou isso nas formas e nos elementos que lembram mesmo um vitral de uma catedral’’. 

             Ainda sobre a parte estética, é sempre importante estar sensível a maleabilidade e a extensa variedade de latas que existem no mercado. Manter uma linguagem é importante, como já vimos, para criar a associação do estilo com a marca, mas cada cerveja merece uma atenção especial. Como pode ser visto nas latas lançadas pela Cathedral até agora, uma vez que as cores presentes fazem associação ao estilo da cerveja, e o design da lata em si é mantido.

 

             E como é o cenário mundial das IPAs de centeio? No concurso World Beer Awards de 2019 (concurso que elege as melhores cervejas por estilo de cada país e do mundo) a Rye IPA brasileira que conquistou o título máximo foi a Session Rye IPA Drach, da cervejaria Leuven de Piracicaba-SP. Uma cerveja complexa no aroma devido ao dry hopping dos lúpulos utilizado, com notas de frutas tropicais, o centeio presente traz uma sutil picância. Os 30 IBU deixam o equilíbrio com um excelente drinkability. E no quesito mundial quem levou a medalha de ouro foi a alemã Roggen-Weizen da Störtebeker Brauspezialitäten, a Roggen-Weizen é uma cerveja de levedura escura, produzida por fermentação a base de centeio e trigo, os maltes e o caramelo contribuem para a cor castanha e para o corpo incrivelmente cremoso. A fermentação quente fornece uma combinação de aromas diferentes: banana, baunilha, frutas vermelhas em conserva, chocolate e cravo. Harmoniza bem com queijos, geleias picantes, sobremesas, pão a lenha e carne assada.

             A Yellow está disponível em diversos pontos de venda, confira neste link e vá adquirir a sua no ponto mais próximo de você. Presenteie um amigo, sua família ou a si mesmo com essa medalhista enlatada. Deixe nos comentários o que achou do estilo e sabor da Yellowspício e qual deveria ser o próximo estilo enlatado pela Cathedral. Boas brejas e até a próxima!

 Abaixo os bares em Maringá para adquirir todas as latas da Cervejaria Cathedral:

  •     Cathedral Fábrica Bar
    •         Av. Dr. Alexandre Rasgulaeff, 5733 – Jardim Real, Maringá – PR, 87083-000
    •         Telefone: (44) 3246-2796
      •         Horário de funcionamento:
      •         Fechado às segundas
      •         Terça, quarta e quinta: das 18h à 01h
      •         Sexta e sábado: das 18h à 01h30
      •         Domingo: das 18h às 23h
  •         Cathedral Sports Bar
    •         Av. XV de Novembro, 170 – Zona 01, Maringá – PR, 87013-230
    •         Telefone: (44) 3354-6193
      •         Horário de funcionamento:
      •         Segunda: das 11h à 00h
      •         De terça a sábado: das 11h à 01h
      •         Domingo: das 11h às 23h
      •         Almoço: de segunda a domingo, das 11h às 15h
  •         Cathedral Burger Bar
    •         R. Paranaguá, 37 – Zona 7, Maringá – PR, 87020-190
    •         Telefone: (44) 3305-9889
      •         Horário de funcionamento:
      •         De segunda a quarta: das 18h à 00h
      •         De quinta a sábado: das 18h à 01h
      •         Domingo: das 18h à 00h
''Todo o pão carrega a triste história de um trigo que sonhou em ser uma cerveja''

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *